Swift

Top 10: Episódios censurados de Pokémon (Anime)




Você assistia (ou ainda assiste) ao anime de Pokémon? Nunca notou problema algum enquanto Ash e companhia seguiam jornada para capturar Nem tudo são flores no universo de Pokémon. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blasttodos os monstrinhos? Quanta inocência, quanta ingenuidade, você nem percebeu que foi exposto a armas, racismo, doenças, atentados terroristas e todo tipo de conteúdo impróprio para crianças. Ou teria sido, não fossem os agentes secretos da censura que criaram a lista negra de episódios da série. Isso mesmo, existe uma lista de episódios banidos de Pokémon, que você confere a seguir.



10. Episódios considerados inúteis

Episódios:
  • Retrospectiva melhores momentos - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blast394 “Ash e May! Batalhas Quentes em Hoenn!” (Ash and May: Incendiary Battles in Hoenn! )
  • 514 “Ash e Dawn! Encarando uma Nova Aventura!” (Ash and Dawn: Facing a New Adventure! )
  • 588 “Criaturas Misteriosas: Pokémon!” (Mysterious Creatures: Pokémon! )
Onde foram banidos: países ocidentais
Sabe quando a hora do novo episódio do seu programa favorito, que você tanto esperou, finalmente chegou, você corre para o sofá, pega o controle remoto e descobre que será exibida apenas uma reprise dos últimos acontecimentos? Irritante? O pessoal que definia a grade de Pokémon na América do Norte também acha, já que esses três episódios, que apenas resumem as sagas Hoenn (“Ash e May!”) e Sinnoh (“Ash e Dawn” e “Criaturas Misteriosas”) foram considerados muito inúteis e irrelevantes para o enredo e acabaram não sendo exibidos no ocidente.
“Ash e Dawn! Encarando uma Nova Aventura!” foi o único desse grupo a ser dublado nas línguas latinas, e já é exibido na América Latina.

9. Episódios cancelados devido a desastres naturais

Episódios:
  • 377 “Batalha na Ilha do Tremor! Barboach vs. Whiscash" (Battle Island Tremor: Barboach and Wischash! )
  • "Rocket-dan VS Plasma-dan!" (Team Rocket vs. Team Plasma)
  • "Hiun Shiti no Tsuri Taikai! Tsuri Somurie Dento Tōjō!!" (Castelia City Fishing Conference! Fishing Connoisseur Cilan Appears!!)
Onde foram banidos: mundo todo
“Batalha na Ilha do Tremor! Barboach vs. Whiscash" acontece depois de Ash terminar o ginásio de Mossdeep City Gym, enquanto rumam para o próximo desafio no ginásio de Sootopolis City. Durante o caminho, os aventureiros passam pela ilha Jojo, onde são pegos por um terremoto causado por um Whiscash. Posteriormente, encontram o treinador Chōta e acabam com o Whiscash.
Pokémon também causam desastres naturais. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastO grande problema é que menos de duas semanas antes de sua estreia, programada para 4 de novembro de 2004, ocorreu um forte terremoto na região japonesa de Chuetsu, semelhante ao do desenho animado. Inicialmente planejou-se apenas adiar a data de estreia, mas “Batalha na Ilha do Tremor!” acabou sendo descontinuado, tornando-se o primeiro episódio de Pokémon proibido no Japão antes de sua exibição.
Já "Rocket-dan VS Plasma-dan!" (possui duas partes) e "Hiun Shiti no Tsuri Taikai!” seriam lançados em março e abril desse ano, mas devido aos fortes terremotos e tsunami que atingiram o Japão recentemente, foram adiados. O primeiro será exibido pela importância do seu enredo, mas o segundo ainda está com a estreia indefinida.

8. Problemas com samurais

Episódio:
  • 004 “O Desafio do Samurai” (Challenge of the Samurai )
Onde foi banido: Coréia do Sul
Samurais nem sempre são bem-vindos. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blast
Esse é o episódio mais antigo da lista, então podemos reparar que o anime já tinha problemas com censura de episódios desde o quarto capítulo. Em “O Desafio do Samurai”, nossos heróis encontram o Samurai, especializado em pokémon insetos, que desafia Ash para sua primeira batalha. Embora tenha sido exibido sem problemas no resto do mundo, na Coréia do Sul o Samurai provocou um “semi-choque cultural” e o episódio foi proibido.

7. Batalha dos sexos

Episódio:
  • 347 "Quanto Mais Brigas, Melhor!" (The Bicker the Better)
Onde foi banido: alguns países como França, Itália e Egito
O episódio já inicia com Ash e May brigando devido a demora da garota em se aprontar. Os dois passam a viagem inteira discutindo, até que o casal Oscar e Andi aparece e desafia os dois para uma batalha de duplas, que perdem por não conseguirem jogar em equipe. O mesmo acaba acontecendo com Jessie e James (Equipe Rocket).
Em briga de marido e mulher... - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blast
Os dois grupos perdedores retomam a caminhada discutindo muito, acabam se encontrando e iniciam mais uma batalha de duplas, Ash e James contra May e Jessie. Enquanto isso, Meowth aproveita para tentar roubar o Pikachu, mas Ash e May percebem e unem-se para fazer a Equipe Rocket decolar de novo (rá). Tudo acaba bem e a história encerra com Ash e May pedindo desculpas um para o outro.
Qual o motivo do banimento? Em alguns países o clímax foi considerado inapropriado para crianças, por tratar de assuntos maduros como guerra dos sexos e romance.

6. Banidos após os atentados de 11 de setembro

Episódios:
  • 019 “Tentacool & Tentacruel” (Tentacool and Tentacruel)
  • 023 “A Torre do Terror” (The Tower of Terror )
  • 084 "A Scare in the Air"
Onde foram banidos: EUA
Crianças, sejam ecológicas. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastAssista à abertura do anime no início desse top 10. Notou o Tentacruel atacando um prédio? Já viu o episódio com esse acontecimento marcante? Provavelmente não, pois “Tentacool & Tentacruel” foi cancelado nos EUA após os ataques terroristas ao World Trade Center em 11 de setembro de 2001, devido a supostas semelhanças entre o ataque do pokémon à cidade e os atentados. Outro “problema” eram as armas militares usadas pela personagem Nastina durante as lutas. Tudo porque a Nastina queria construir um hotel bem em cima do recife de corais onde viviam o Tentacool, o Tentacruel e outros pokémon. Nada ecológico.
Os outros dois episódios não foram banidos por seus conteúdos, e sim pelos títulos. “A Torre do Terror” e “Um Susto no Ar” talvez não fossem mesmo os melhores nomes para o momento, tanto é que "A Scare in the Air" chegou a ser trocado por "Spirits in the Sky", mas eles acabaram voltando ao ar e hoje são exibidos normalmente e com os títulos originais.

5. Uso de armas e bigodinho à la Hitler (!)

Episódio:
  • 035 “A lenda de Dratini” (The Legend of Dratini )
Onde foi banido: maior parte do mundo exceto Japão
Pais não gostam que apontem armas para os seus filhos na TV. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastA história começa com Ash, Brock e Misty andando pela Safari Zone, um local onde existem vários pokémon a espera da captura. Ash está tão feliz que começa a cantar, o que irrita Brock, que pede para que ele pare. Sem nenhum efeito, Brock pede para Misty fazer algo, mas ela junta-se à cantoria. No espírito de que se não pode vencê-los, junte-se a eles, Brock começa a cantar também. Eis que surge um homem e manda eles calarem a boca. Quando perguntam qual o problema dele, o sujeito saca um revólver, aponta para a cabeça dos heróis e pergunta se eles querem levar um tiro.
Heil Meowth? - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastA figura antimusical é ninguém menos que o próprio responsável pelo Safári, Kaiser. Dentro do prédio do local, Kaiser mostra algumasSafari Balls e varas de pesca, mas quando Ash tenta pegá-las o homem faz o favor de dizer as regras do lugar: apenas pode-se usar Safari Balls e varas de pescar. Para dar ênfase, ele mira a cabeça do Ash com o revólver de novo durante a explicação, acrescentando que seriam queimados pelo seu “Thunderbolt” caso desobedecessem as regras. O uso de armas continua ao longo da história, que basicamente é sobre o Dratini que mora escondido no Sáfari.
Além disso, Meowth aparece em uma cena usando um bigode semelhante ao de Hitler, o que não foi visto com bons olhos. Um problema ocasionado pela ausência desse episódio é que nele Ash captura 29 Tauros, então na sequência do programa não fica explicado onde ele conseguiu tais pokémon.

4. James com seios

Episódio:
  • 018 “Férias em Acapulco” (Beauty and the Beach )
Onde foi banido: mundo todo, exceto Ásia
Nesse episódio os personagens estão curtindo um descanso na cidade litorânea de Porta Vista, mas a Equipe Rocket aparece com um submarino e começa uma batalha, que acaba estragando o barco de Moe, dono de um restaurante. Ash, Misty e Brock prontamente se oferecem para trabalhar no lugar para compensar os danos, enquanto a equipe Rocket pede emprego para Brutella, rival de Moe, para poderem pagar o conserto do submarino.
"É isso que faz as pessoas gostarem de você.” - Fala de James no episódio - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastComo os negócios vão mal para Moe, porque Meowth sabotou o seu restaurante e ele perderá seu barco se não pagar as dívidas que tem com Brutella, o Professor Carvalho e a mãe do Ash (que apareceram por ali) sugerem que Misty participe do concurso de beleza para tentar ganhar algum prêmio. Bruttela então chantageia James e Jessie para impedirem o sucesso dos adversários. Então temos confusão, mais batalhas, e no final a Equipe Rocket destrói o restaurante de Brutella enquanto foge e a mãe de Ash ganha o concurso de beleza (na posterior versão estadunidense, o concurso foi removido e a mãe bonitona aparece com um troféu escrito “melhor mãe do mundo”).
Esse episódio acabou não sendo exibido porque James aparece usando seios infláveis, inclusive provocando Misty: “Talvez quando você for mais velha, tenha peitos como esses.” Em outra cena, ele infla os seios até dobrarem de tamanho. Quanto exibicionismo! “Beauty and the Beach” acabou sendo exibido nos Estados Unidos em 24 de junho de 2000, promovido como o “episódio perdido” e com todas as cenas de James de biquíni editadas, mas não foi mais visto após isso.

3. Pokémon é racista?

Episódio:
  • 065/038 “Feriado à la Jynx” (Holiday Hi-Jynx)
Onde foi banido: países ocidentais
A polêmica aqui foi a primeira aparição do pokémon Jynx, considerado por muitos uma visão estereotipada e racista das mulheres negras. Pouco tempo após a exibição do episódio, a escritora e crítica norte-americana Carole Boston Weatherford escreveu um artigo intitulado "Politically Incorrect Pokémon" para a revista Black World Todaycriticando fortemente Jynx.
Hohoho - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blast
Em resposta, a Nintendo resolveu retirar o episódio do ar e mudou o design de Jynx, trocando a cor preta da pele por roxo. Quando voltou à circulação, foi colocado na posição 065, o que provocou alguns erros de continuidade.

2. Jynx novamente e epidemia de gripe

Episódio:
  • 252 “A Caverna de Gelo” (The Ice Cave!)
Onde foi banido: países ocidentais
As coisas vão esquentar. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blast“A Caverna de Gelo” também teve problemas com o design de Jynx, mas com algo mais. A equipe Rocket molha Ash e seus amigos com água fria na Caverna de Gelo, e Brock acaba ficando doente. Quando chegam ao Pokémon Center, ele é internado e durante um delírio provocado pela febre, confunde Jynx com a enfermeira Joy e dá um beijo no pokémon, o que seria uma cena muito “forte”.
O episódio também teria sido banido porque havia um surto de gripe acontecendo, e não era adequado que um personagem tivesse sintomas semelhantes. Carole Boston Weatherford (sim, a mesma do episódio anterior), entretanto, afirmou que o motivo da gripe é um mito e que baniram “The Ice Cave!” por causa da aparência controversa de Jynx mesmo.
O Brasil foi o único país fora da Ásia onde “A Caverna de Gelo” foi exibido normalmente.

1. Aquele da epilepsia

Episódio:
  • 038 “Dennō Senshi Porygon” (Electric Soldier Porygon)
Onde foi banido: mundo todo
O pobre Porygon foi banido do anime junto com seu episódio de estreia. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastQuando você leu o título desse top 10, já sabia quem seria o grande vencedor. Sim, “Soldado elétrico Porygon” é “O” episódio banido de Pokémon, e virou um ícone da cultura popular, sendo parodiado, criticado e usado como prova de que pokémon é coisa do demônio. Mas vamos aos fatos.
Ash e seus amigos estão no Centro Pokémon e algo deu errado com o sistema de transmissão de pokébolas. Atendendo ao pedido da enfermeira Joy, eles vão ao encontro do Professor Akihabara, criador do serviço, e descobrem que a Equipe Rocket roubou o protótipo de Porygon, um digimon pokémon digital que existe no ciberespaço, e está sequestrando os pokémon de outros treinadores. O Professor, então, envia Ash, Misty, Brock, Pikachu e o segundo Porygon para dentro do sistema, onde devem enfrentar a Equipe Rocket.
Agora imagine isso piscando rapidamente na sua tela. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastAcontece que mais ou menos aos 20 minutos, o Pikachu para mísseis com o choque do trovão, provocando uma enorme explosão com raios azuis e vermelhos. Embora já tivessem aparecido cenas semelhantes antes ao longo do episódio, essa em especial foi muito mais intensa por causa da técnica “paka paka”, com luzes regulares mostradas na tela com uma frequência de 12 Hz durante 4 segundos em fullscreen e mais 2 segundos em metade da tela. Realmente uma beleza para as crianças.
Naquele dia 16 de dezembro de 1997, às 18 horas e 30 minutos, cerca de 26,9 milhões de casas estavam assistindo ao episódio no Japão. Após a cena da explosão, os espectadores começaram a relatar dores de cabeça, visão borrada, enjoo e náusea. Em casos mais graves, cegueira e perda de consciência. A Agência de Defesa Japonesa contou 310 meninos e 375 meninas que precisaram de ambulâncias, e desse grupo, 150 precisaram de uma breve internação (apenas duas pessoas permaneceram no hospital por mais de duas semanas). As reações foram imediatas, com ataques e defesas da imprensa aos desenhos japoneses.
Professor Akihabara, depois de ver o episódio em que atua. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo BlastNo dia seguinte a TV Tokyo pediu desculpas a todos e disse que investigaria o ocorrido. As ações da Nintendo caíram 5% e a empresa foi a público dizer que não era a responsável pelo desenvolvimento do programa. Pokémon saiu do ar por quatro meses, voltando em abril de 1998, em outro horário e com a abertura refeita. Regras foram definidas para que o incidente não se repetisse e o pobre Porygon nunca mais apareceu no anime.
E esses são os episódios censurados daCalma, Entei nos protegerá desses episódios. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blast série Pokémon. O que acharam? Eles mereceram ir para o limbo ou existe muito exagero nessas decisões? Já assistiu a algum desses?

Um último aviso, antes de sair por aí no espírito get'them all e ver todos esses episódios, lembre-se que eles foram proibidos por algum motivo, então veja por sua conta e risco, principalmente o “Electric Soldier Porygon”.

Uma cena inútil de "Criaturas Misteriosas: Pokémon!", apenas para encerrar o texto. - Top 10: Eposódios censurados de Pokémon Nintendo Blast

You Might Also Like

0 comentários

Facebook

Visitas